segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Às vezes eu sinto medo, muito medo. Medo de te sufocar demais, medo de te perder por um erro meu ou sei lá.. medo de não te dar o que você merece. Fazia anos que eu não me apegava à alguém da forma que eu me apeguei a você. Acabei me jogando de vez no nosso relacionamento, me doando por inteira, sem pensar no amanhã. A gente passa por momentos que eu não havia passado antes com ninguém. E isso me liga a você cada vez mais. Você me faz tão feliz. Que eu fico sem palavras pra descrever tamanha felicidade. Mas olha, haja o que houver, nunca, em hipótese alguma, duvide do quanto eu gosto de você. E todas as vezes que eu falo que eu te amo não é da boca pra fora. Basta passar um ou dois dias sem te ver, pra ficar um vazio, uma sensação de que tá faltando algo. Eu posso não ser a namorada perfeita, mais eu sei que eu te faço feliz, que te faço bem, que você se diverte quando tá comigo. É tão maravilhoso estar com você, dormir no teu peito, te beijar de manhã cedinho, te dar beijinho de boa noite, te ver dormir, dormir abraçada com você, sentindo o calor do teu abraço, do teu corpo. Você não tem noção do bem que me faz. Tá se aproximando dois meses de namoro, passou tão rápido. Que seja o começo de muitos meses que ainda virão. Todo amor do mundo eu vou te dar. s2’

Nenhum comentário:

Postar um comentário